News

COUPE DU MONDE DE LA PÂTISSERIE

 

 

Coupe du Monde de la PâtisserrieNo começo deste mês tive a honra de participar de uma das maiores competições de confeitaria do mundo que aconteceu no evento “Sirha Rio” no Rio de Janeiro.

Para quem não conhece existe um campeonato mundial em que são selecionados os melhores confeiteiros e especialistas em chocolate de cada país, até chegar à final em Lyon, na França.

É um campeonato bienal onde as seleções passam por várias etapas. Eu participei da seleção regional brasileira e foi um dia muito especial. Fui selecionada entre os 4 melhores chocolatiers do Brasil, tendo que apresentar uma sobremesa e uma escultura de chocolate para oito jurados e todo o comitê, tudo isso com apenas três horas de preparo.

 

Foi um imenso desafio, onde aprendi que nem sempre se ganha. Eu não passei para a próxima etapa, mas tive a oportunidade de ser julgada e avaliada por Chefes de confeitaria de verdade e de viver esse mundo de perto, de uma maneira intensa e única.

Aprendi muito e senti uma das maiores emoções de toda a minha carreira. Estar ali, trabalhando ao lado de todos aqueles grandes chefs, tendo a oportunidade de mostrar o meu trabalho foi impagável. Momento lindo de aprendizado e de reflexão sobre as escolhas, tanto as certeiras, quanto as nem tanto assim. Como é bonito ter a coragem de enfrentar os medos, de errar e de continuar seguindo com novas metas, sonhos e perspectivas.

Foi um imenso prazer participar da Coupe du Monde de la Pâtisserie!

Obrigada a todos que me ajudaram, vibraram e torceram por mim.

Até 2018! <313

Fotos: Ary Kaye

 

 

 

 

Nina Piccini – Vencedora do “Que seja Doce da GNT”

QSD_thumb_620_1

Participar do programa foi uma experiência muito divertida e diferente dos meus dias de trabalho. Apesar de ser um jogo de improviso, com gincanas e provas, a correria e a batalha contra o tempo se assemelha muito com um serviço de restaurante. Foram 18 horas de gravação em um estudio que parecia um freezer! Rs.. Foi cansativo e fiquei mega nervosa, mas depois relaxei e conseguir me “movimentar” como gosto.

As meninas que competiram comigo eram super legais e posso afirmar que demos risadas o dia inteiro com a equipe, que aliás, está de parabéns pelo profissionalismo e paciência conosco.

Foram momentos de muito amor, emoção e aprendizado e isso para mim é cozinhar. O prazer proporcionado pela comida é um dos fatores mais importantes da vida. A gastronomia nasceu desse prazer e constituiu-se como a arte de cozinhar e associar os alimentos para deles retirar o máximo benefício e é feita pelo conjunto dos sentidos: um simples casamento que proporciona as pessoas, grandes momentos e experiências.

Tudo aconteceu de uma maneira natural e agradável, portanto foi muito importante e me deu mais certeza de que estou no caminho certo e que SIM, vou conseguir conquistar meus objetivos e fazer a diferença nesta arte chamada viver. Obrigada Felipe Bronze, Roberto Strongoli pela força e por ter gostado do meu trabalho e a Carole Crema e Lucas Corazza obrigada pelas criticas que, claro, são sempre bem vindas! Não posso deixar de agradecer também aos meus familiares que sempre me apoiaram e a Maria Eugenia Cais e Natalia Horton que me encorajaram em participar. Agora é só aguardar o tão esperado livro de receitas!!

Foi o máximo!!!

Nina_Piccini_que_seja_doce_-_nordeste_-_receita_vencedora

Quer conferir a receita?! Veja como fazer o Sorbet de manga com gengibre, bolinho de castanha de caju e creme de frutas.

Perdeu o programa e quer ver? Clique aqui e confira como foi a minha participação no Programa Que Seja Doce no GNT!

Um beijo e Que Seja Doce!